• Renato Martins

Bom exemplo: DCE apresenta prestação de contas pela primeira vez em 22 anos.


Nestes dias de descobertas tão ruins de maltratos com os recursos públicos, descobrimos três coisas: primeiro que é possível serviços públicos melhores; segundo, que é possível diminuir a carga tributária do estado; terceiro, que nada disso pode ocorrer sem que a lei não seja cumprida. E, antes da lei, é necessário uma cultura generalizada de boas práticas, das quais, o bom Prestar Contas é a mais básica e eficaz delas.


Constatado isso, eis portanto, que me deparo com um ótimo exemplo. Os alunos do DCE da UNIESP, em Cabedelo, realizaram minuciosa prestação de contas e entregaram a todo o corpo universitário. Um gesto que deveria ser uma obrigação trivial. Mas, na verdade é a primeira vez que ocorre em 22 anos de existência da universidade. Já pensaram que bom seria se todas as entidades estudantis, ONGs, sindicatos, associações de bairro, Igrejas, entidades de representação profissional e clubes de futebol fizessem o mesmo? Como o fator exemplo seria forte!


Segue abaixo a postagem da diretoria do DCE que me permitiu garimpar na net esta alvissareira notícia de novos ares na nossa juventude:


#Transparência | O novo DCE UNIESP tem a missão de trabalhar pelos alunos, prezando pelos princípios basilares da boa conduta. Dando mais um passo à frente, entregamos na tarde de hoje (08), a Prestação de Contas da nossa instituição, referente ao exercício 2019. A documentação foi entregue aos Professores Colaço Martins, Érika Marques e Richard Euler. Presidente da Mantenedora, Reitora e Pró-Reitor Administrativo Financeiro do UNIESP Centro Universitário, respectivamente. Em 2020 seguimos firmes na construção de um movimento estudantil sério e com desenvolvimento. 💡💛 #dceuniesp #soumaisuniesp

0 visualização