• Renato Martins

CURTAS: DA CARTOLA ATÉ O DETRAN, PASSANDO PELA ASSEMBLÉIA...


VAMOS AS CURTAS DO MEIO DE SEMANA:


1- Os desdobramentos da Operação Cartola teve na segunda mais um momento de revelação. O governo, para explicar o afastamento dos delegados responsáveis pela investigação, emitiu nota na qual indica a data do encerramento (05/06/2018) e uma lista de indiciados, no qual muitos perceberam ausências flagrantes de nomes notoriamente envolvidos de forma pública. No mais, sobre as ilações da TV GLOBO sobre abafamento da investigação após ter o nome do governador envolvido de forma no mínimo intrigante, fico a pensar, se fosse com o nome de Cássio essa "insinuação" de compra de Juiz, o que a mídia patrocinada não faria... Ou, para se falar em um vencedor nas urnas, se fosse o presidente eleito Jair Bolsonaro a agir assim, o que eles não rugiriam de forma veemente... Por essas incoerências é que sabemos bem quem fala e faz a favor de uma democracia de verdade. Quem não compra voto, e, quem defende ampla e irrestrita investigação sobre todos os casos suspeitos de corrupção.


2- O DETRAN passa por um novo episódio de licitação feita na SEAD, pasta comandada, provavelmente em apagar de luzes, pela intrépida Livânia Farias. Digo isso porquê acho que o novo governador não deverá assinar em baixo em questões como essa que passo a narrar: desde 2007 a lei preza pela livre concorrência na venda de placas lacradas para veículos, bastando para isso que ela se credencie e cumpra exigências legais de controle. Mas o governo do estado atualmente opta por possibilitar monopólios, como queria ser também o gravame do DETRAN, na contra-mão das boas práticas de gestão que buscam eficiência, não privilégios ou protecionismos.


3- Na assembléia temos uma briga para presidência que revela o quanto de autonomia tem cada deputado atualmente. A briga entre Estela e Barbosa hoje é muito desigual, neste momento, a deputada, mais que a saúde, ela tem a presidência da poderosa Cruz Vermelha, no agir "socialismo" que mais que parcerias, se exige segurança nas relações(?). No entanto, bastidores alegam que ano que vem o jogo vira. Barbosa, forte amigo de Valdson e João, conta os dias para a virada de ano...


4- Cartaxo junto com Cássio, aprovaram ontem o empréstimo do BID, 100 milhões de dólares para investimentos necessários para a cidade e para um vital Up Grade em sua gestão.

277 visualizações