• Renato Martins

CURTAS E PRECISAS...



1- O silêncio dos parlamentares do PSB, alguns diretamente envolvidos em graves denuncias na forma do escândalo da ORCRIM GIRASSOL, só é quebrado com a velha tática de divulgar emendas por meio de assessoria. Ao menos nos poupam de falas explicativas longas e cheia de bravatas. Assim, tentando se ligar ao poder executivo - como se benfeitores de algo com nosso recurso apagasse o obscuro das coisas desviadas... E mais, o problema é que é justamente por essa relação com o poder executivo que muitos estão denunciados ou investigados. Nem igrejas escaparam destes poderosos "fariseus", tudo ainda por se descortinar... Pertinho, pertinho...

2- O senador Cássio, uma das maiores vítimas da máquina ilegal de fabricar mentiras do antigo grupo ricardista, foi ainda atualmente, mesmo após as revelações da Calvário, atacado por uma notícia "mal formatada" que queria se referir a condenação de inelegibilidade do paraibano, ex-senador Lindemberg Farias, porém usando foto de Cássio na ilustração do link. Olhem que diziam que Lindemberg queria ser prefeito de João Pessoa. Cássio reagiu à altura em nota firme:

Não importa que os mentirosos sejam altos, magros e de passos largos. A mentira sempre terá pernas curtas. E finas.

Cássio Cunha Lima



3- Depois da vitória de João, em 08/12/2018, escrevi o auto-explicativo artigo abaixo:


https://www.renatomartinsl.com/post/o-mecanismo-vence-joão-já-no-primeiro-round


Quase que um vislumbre de tudo que viria. Notem que foi antes da Calvário carioca. Hoje, mais de ano depois, diante de tanto delay* nos atos de gestão do governador, me pergunto se a matéria continua ou não atual. Apenas com mais personagens operadores por se revelarem...


Obs: Delay, refere-se a uma diferença de tempo numa transmissão, entre o fato real filmado e sua chegada na TV ou celular. Fácil de notar quando se assiste num ambiente que tem TV a cabo, analógica e internet todas passando ao mesmo tempo o mesmo jogo de futebol por exemplo. A Calvário e o governo parecem ter alguma relação assim...


81 visualizações