• Renato Martins

LIVRO DE RECLAMAÇÕES: AGILIZA OS DIREITOS DO CONSUMIDOR E FAZ O COMÉRCIO SE PRECAVER GERENCIALMENTE


Uma grande novidade chegou para incrementar as relações consumeristas em nossa cidade. Trata-se do instrumento do Livro de Reclamações. Por este livro, tanto o cidadão pode de forma imediata iniciar formalmente sua reclamação para melhor acordo, como o PROCON-JP já pode começar seus procedimentos mais rápido, e por fim, o comerciante pode, de posse dos registros lá postos nesse livro enxergar o que ele pode melhorar na condução de sua empresa. O que ele pode aprender com as oportunidades de melhoria que as reclamações feitas pelo seu consumidor fizer oficialmente no livro de reclamação. Tudo as claras e da forma mais ágil e transparente possível. Todos tendem a sair ganhando. Inclusive a justiça se desafogando de ações consumeristas que podem mais facilmente serem evitadas.


O UBER, em seu aplicativo criou um sistema de mão-dupla onde o motorista avalia a conduta do consumidor-passageiro e este por sua vez o analisa igualmente. Considerado um simples mas eficaz avanço de gerenciamento da ferramenta digital que trabalha com grandes dados onde impessoalmente, a central do UBER vai historiando as partes, e se preparando estatisticamente para evitar possíveis conflitos futuros a depender dos perfis que eles vão identificando nessas avaliações tête-a-tête.


O PROCON-JP foi além do UBER... Das muitas coisas boas que pude atestar como vereador e cidadão, digo que essa entrará para a história da cidade como um instrumento simples e profundamente eficaz. Amortecedor de conflitos inclusive. Um forte instrumento extra-judicial e, se nem sempre evitar ações na justiça, servirá para a agilizar e em muito evitando a perda de tempo da burocracia jurídica e as filas, inclusive no próprio PROCON. Pois tanto consumidor como comerciante terão integralmente e de pronto a desavença para resolver com o olhar da prevenção; a pendência posta para as partes.


POR UTILIDADE PÚBLICA O BLOG REPOSTA AS ORIENTAÇÕES DO PROCON-JP, EM INSTAGRAM, QUE FISCALIZARÁ OS COMÉRCIOS COM O INTUITO QUE OS MESMOS ORIENTEM O USO DO LIVRO PARA SEUS CLIENTES QUANDO NECESSÁRIO FOR. PARA ASSIM, JÁ SE INICIAR O PROCESSO DE RESOLUÇÃO:


Mais uma boa notícia !!

COMPARTILHE AVANÇOS NA CIDADANIA 

https://www.instagram.com/p/B4aQbzqAGBM/?igshid=erxe8ydho4kh

Porque o trabalho não pode parar. Mesmo que de forma educativa, estaremos exigindo o cumprimento dessa Norma em favor dos Consumidores. 

#cmjp #procon #proconjp #pmjp #livrodereclamacoes #realidade 

#Repost @heltonrene . . . 

O Procon-JP inicia esta semana a fiscalização às lojas do comércio de João Pessoa para verificar se os estabelecimentos estão cumprindo a lei municipal 13.375/2017 (Livro de Reclamações) que obriga o fornecedor a receber denúncias em um livro disponibilizado para esse fim. O Livro de Reclamações foi lançado no dia 13 de Setembro, com o fornecedor tendo 30 dias para se adequar à lei municipal 13.375/2017. Entretanto, o secretário @heltonrene explica que até dezembro deste ano o Livro de Reclamações terá cunho educativo para os dois lados da relação. 

Saiba mais no: http://proconjp.pb.gov.br/?p=22578

29 visualizações