• Renato Martins

LUCAS DE BRITO PEDE DESCONTOS DE IPVA COMO INCENTIVO AO GNV



O vereador Lucas de Brito (PV) protocolou na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) dois requerimentos relacionados aos valores praticados na comercialização do Gás Natural Veicular (GNV) na Paraíba. O parlamentar foi procurado por motoristas que utilizam o produto e que denunciaram abuso no preço repassado aos postos e, consequentemente, ao consumidor.

Em um dos documentos, Lucas questiona o fato de o valor do gás natural veicular direcionado aos postos de combustível no Estado ser superior ao praticado, por exemplo, pela Companhia Pernambucana de Gás (Copergás). “O valor repassado pela PBGÁS (Companhia Paraibana de Gás) aos postos do Estado é de cerca de R$ 2,51, enquanto o valor repassado pela Copergás em Pernambuco é de cerca de R$ 1,50. É uma diferença de mais de um real por metro cúbico”, destaca.

O vereador também apresentou requerimento solicitando a ampliação dos incentivos concedidos aos proprietários de veículos convertidos ao GNV na Paraíba, através da concessão de desconto no IPVA, como já ocorre em outros estados. Atualmente, a PBGÁS efetua o pagamento para incentivo ao uso de GNV nos valores entre R$ 800 e R$ 1 mil aos proprietários de veículos com no máximo 10 anos de fabricação.

Entretanto, alguns estados como Alagoas e Rio de Janeiro concedem desconto no IPVA cobrado sobre os veículos convertidos ao Gás Natural Veicular que chegam a até 75%. “O GNV está alcançando preços impraticáveis na Paraíba. Estamos fazendo um pedido à PBGás porque ela repassa um preço de metro cúbico proibitivo. Será que é para custear os salários que existem na Companhia?”, provocou Lucas de Brito. Há tempos, no campo ideológico liberal, advogo que Lucas é um dos grandes quadros de renovação da politica paraibana.


redação com Blog do Anderson Soares.

27 visualizações