• Renato Martins

O PSB, DEPOIS DA DIVULGAÇÃO DOS INEQUÍVOCOS ÁUDIOS, EXPULSARÁ RC E ESTELA?











Desse assunto posso falar bem... Como expulso do PSB, sem processo nenhum. Sem mácula alguma - exceto, ser idealista. Posso, portanto, tentar inferir critérios objetivos que o dito partido usou para analisar meu caso e sugeri-los para uso nos casos dos atuais filiados implicados em roubos de remédios e livros da sociedade. Para tanto, usarei os casos do chefão estadual da sigla bem como da chefona municipal, RC e Estela, que antes da Calvário eram só dissimulados líderes políticos, e os compararei com critérios éticos e objetivos postos à mesa:


1- Indiscutivelmente tive mandato produtivo, questionador, instigador da CMJP, do MP e MPF, fora entidades classistas. Onde fui muitas vezes defendendo o interesse coletivo, como autor de estudos e denúncias que geraram inclusive muitos Inquéritos Civis Públicos. Notadamente saúde, transporte coletivo, Zona Azul e qualidade das unidades habitacionais.

2- Assinei, quando vereador, todas as CPIs que me apresentaram. Citarei elas: CPI da Funetec; do Jampa Digital; do Gari Milionário; sobre Assassinatos de Jovens Não Esclarecidos (notadamente a intenção da bancada situacionista seria investigar o caso Bruno Ernesto destacadamente); da Energisa; CPI da Merenda Escolar; dos Livros; da CAGEPA; do Cuiá; do caso Desk... Reafirmo que assinei por achar convictamente que investigação sempre leva a verdade. Na época que assinei, achava inclusive que seria bom para o partido se "limpar" dessas dúvidas que recorrentemente surgiam em época de eleições. Seria dar o exemplo de honestidade. Agora, entendo a raiva destes ex-correlegionários para comigo, essas minhas assinaturas e apoio às investigações sobre a conduta das gestões do próprio PSB poderiam ter antecipado algo que hoje se vislumbra...E provavelmente retornará a pauta.

3- Fui, talvez, o único político do estado a pedir auto-investigação por meio de diversos requerimentos. Seja Policia Civil, MP, TCE, PF e MPF. bem diferente da nobre deputada Estela, presidente do PSB-JP, que portanto me expulsou, em seu recorrer na AL para fugir da prisão em virtude das verdades que explodem de todos os lados. Bem diferente de sua opinião, quando sobre o então senador Aécio Neves, por exemplo, que se salvou da prisão pelo senado anos atrás. Oportunista não fui, bem diferente dela.

4- Por fim, fui campeão em projetos de lei significativos, subidas na tribuna, apoio a protestos, a pedidos de investigações e por aí vaí... E assim, entretido em fazer meu idealismo ser algo real na câmara, os ricos e poderosos do partido me cozinhavam num "pragmatismo experto". Tratoramento financiado pelo erário, hoje revelado totalmente em sua extensão e malícia.


E tem mais, para mostrar bem a distância nossa de RC, Estela & CIA:

Agora passemos aos perfis fáticos dos casos dos filiados RC e Estela:


1- Veja o áudio abaixo, divulgado oficialmente pela PF, MPF, GAECO e CGU. Ah! Você já assistiu? Então veja de novo acuradamente e tire suas conclusões...


De bônus, segue abaixo a diferença entre nós e a poderosa Estela, presidenta municipal do PSB:

Rachadinha de gabinete e 'traição" privada resolvida com o erário publico é pouco...


O PSB, partido que muitos políticos de diferentes partidos como também milhares de eleitores, apoiaram e votaram; deveria expulsar o seu filiado e sua filiada, envolvidos nesses áudios-vídeos ou não?


DÁ O QUE PENSAR:


A diferença de postura é muito grande. Hoje, a verdade tá aí para todos... E ainda mais malandros(as) aparecerão. Os filhotes...

0 visualização