• Renato Martins

POR QUE VOTO BOLSONARO!


Quem me conhece, sabe que sempre defendi os direitos dos trabalhadores, servidores públicos, negros, mulheres, nordestinos (até tido forasteiro por adversários fui), a comunidade LGBT então... Fui presidente da CDH da câmara municipal dois anos. Único político a peitar um promotor defendendo um travesti baleado. O resto dos girassóis medraram... Só vão na boa contra humildes. Podem por no Google. Eu fiz e faria de novo. Promovi inúmeros debates para defesa dos Agentes de Saúde, de limpeza, professores, guardas municipais. Poderia dizer então, que voto em Bolsonaro por todos estes que vi e ouvi. Mas, ainda assim me sinto forçado a dizer que sobretudo, voto em Bolsonaro para defender a democracia. Essencialmente pela democracia que a tudo e todos de bem e de virtudes da sociedade deve abarcar. Com resolutividade e não cinismos hipócritas e mentiras tão próprias nos pseudo-coletivistas de carros importados e coberturas.

Vamos falar de paz. Paz significa ausência de medo. Eu também poderia dizer que não quero mais ter medo de crise econômica, da violência urbana e do futuro incerto. Todo medo é violência física e psíquica. E eu, eu sou da paz. E pela paz, o voto só tem a candidatura 17 como capaz de a promover. Porém amigos, mesmo assim, confesso reiteradamente, meu motivo principal de voto é a intransigente defesa da democracia.

Na mesma linha, poderia dizer enfaticamente que votaria em Bolsonaro pelos desempregados, deficientes físicos, pelos que precisam de projetos sociais exitosos que só a honestidade pode gerar. E mesmo reconhecendo que voto por eles também. Eu não arredo pé. Voto 17 principalmente pela democracia.

Digo isso, porquê creio que a democracia não deve ser bandeira retórica para acobertar corrupção. Pelo contrário. Ela jamais pode ser pretexto de usofruto dos ladrões que querem obter impunidades como vemos certas autoridades, inclusive do nosso estado, vendendo defesa de si, como se tivéssemos uma "democracia proba em risco". Essa farra deve acabar! Impunidade, privilégio e incompetência não criam uma cultura empreendedora na nação. O capitão tem o mérito de tirar a máscara de todo o oculto, desses egoístas, que só quebrou a nação econômica e moralmente. A democracia que defendo e quero, precisa ser um instrumento civilizatório estimulador das virtudes de tod@s, de resultados por bem servir, de coesão por abundância de trabalho com méritos de tod@s. De proteção mútua e solidária, tudo pavimentado por justiça. Democracia para salvaguardar a justiça, não para servir ao crime organizado de colarinho branco. E é exatamente isto tudo e todo do democrata que sou, que me faz não votar no PT. Os fatos comprovam que em nenhum destes quesitos que a democracia precisa para unir e fazer crescer o país, eles se encaixam.

A alternativa honesta é a de Bolsonaro. Dele espero boa gestão pública, moderna, criativa e de resultados. Inclusive pela capacidade de expandir riquezas nacionais, como as minerais, e assim criarmos valor para dividirmos riquezas, não discursos vazios e mais dívidas e pedaladas com alto juros. Dele espero oportunidades para tod@s: sem exceção. Sem privilégios também. Termos um estado de tamanho funcional, certo, com o imposto necessário e só. Sem a recessão gerada na alta carga tributária como no nosso estado – e olhem que depois os tais humanistas à esquerda ainda dizem que a obra pública é deles, ou seja, o imposto é nosso, o trabalho é nosso, mas a propaganda é privada deles... Sem suor algum. Piada; farra! Sem essa também de empreguismo e favores para manipular votos. Comprar votos não é ser democrata. Colocar a política e o voto livre ao dispor de uma nova visão de Gestão Pública. Pois “Lula Livre” é questão para a justiça resolver na última instância, mas, voto livre e limpo, isso eu posso e é meu dever resolver com o meu voto, e o farei de forma serena dia 28. Creio que Honestidade é pré-requisito para todos os avanços que o país precisa. Por isso votei em Zé Maranhão. A falsa democracia cheia de roubos e privilégios só sabota o país. Cria uma classe dirigente partidária milionária a “falar” por maiorias que sofrem na precariedade. Vendo tudo isso reafirmo, repito, reitero, vou de 17 para defender uma democracia robusta. Honesta! Sem impunidade para ricos ou pobres. Igual em oportunidades e agregadora com crescimento econômico.

Quem pensar assim como eu. Peço o voto para Bolsonaro 17.

Para defender a democracia! Uma democracia que deve fazer por todos nós! Como seu conceito sugere...




P.S: Assim como Bolsonaro, também pedi auto-investigação na câmara. Vários requerimentos para todos os órgãos de controle (PM, PC, PF, MP. TJ, MPF, receita dentre outros) atestarem nossa idoneidade, desmoralizando calunias postas. Só age assim quem nada teme. A democracia precisa de posturas como a que Bolsonaro tem. Não de políticos a usar poder para adiar julgamentos. Processar ou comprar imprensa. Obstruir a justiça...




Veja:


Bolsonaro vai pedir ao TSE investigação da Própria campanha.


https://www.oantagonista.com/brasil/defesa-de-bolsonaro-avalia-pedir-ao-tse-investigacao-da-propria-campanha/

290 visualizações